Leonardo Padilha, Assistente Comercial de Seguros
  • Assistente Comercial de Seguros

Leonardo Padilha

Presidente Prudente (SP)
0seguidor3seguindo
Entrar em contato

Comentários

(2)
Leonardo Padilha, Assistente Comercial de Seguros
Leonardo Padilha
Comentário · há 2 anos
As pessoas gostam de oportunizarem-se de situações incabíveis. As Distribuidoras de Energia Elétrica, mesmo quando não ocorrem os pagamentos, são obrigadas à custear a compra da energia, ICMS, PIS, COFINS, entre várias outras taxas possíveis, a qual o valor é apenas repassado ao consumidor final. Para que não percam a concessão, devem manter um elevado índice de recebíveis. A melhor ação para cobrança é a suspensão no fornecimento, onde, excetos em raríssimos casos, não há justificativas para o não pagamento das faturas que são rotineiramente mensais. E quando ocorre a suspensão, o consumidor se vê como vítima, no direito de exigir indenizações. Até mesmo nos raríssimos casos supracitados, a ANEEL exige em sua Resolução Normativa nº 414/2010 que a Distribuidora deve agir nos Princípios da Isonomia. Portanto, se eu, como Distribuidora, efetuo a suspensão no fornecimento de um, assim posso IGUALMENTE para todos os demais de mesma classificação.

Perfis que segue

(3)
Carregando

Seguidores

Carregando

Tópicos de interesse

(4)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Leonardo

Carregando

Leonardo Padilha

Entrar em contato